Envie sua Redação: Setembro


Texto 01
Música nas escolas

A volta do ensino de música nas escolas públicas e privadas do país, para todos os alunos da Educação Básica, está prestes a tornar-se realidade, o que muito nos alegra. Onde há música não pode haver coisa ruim, certo? A música tem grande poder e utilidade: humaniza, sociabiliza, ajuda a desenvolver a coordenação motora, o raciocínio e é de suma importância para o  aprendizado escolar. O estudo, a percepção, a prática da música nos auxilia até mesmo a compreender melhor a vida. Quando digo  a volta desse ensino, é porquê já o tivemos antes no Brasil. Começou na época do Império, depois passou por Villa-Lobos, com ênfase no canto “Orfeônico”, e foi abandonado no início da década de 1970.

A Lei 11.769 de 2008, que alterou a Lei 9.394/1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação),  trouxe em seu Artigo 26, § 6º, a seguinte redação: A música deverá ser conteúdo obrigatório, mas não exclusivo, do componente curricular de que trata o § 2º deste artigo. Já o Art. 3º  diz: Os sistemas de ensino terão 3 (três) anos letivos para se adaptarem às exigências estabelecidas nos arts. 1º e 2º desta Lei.

A ideia principal dos idealizadores que batalharam por essa proposta, não é a de formar músicos, mas trazer para o mundo da escola, a música. Dar noções básicas, leitura e escrita musical.  Facilitar o aprendizado; Formar cidadãos mais cultos e conscientes, capazes de valorizar e promover a diversidade cultural  brasileira, fortalecendo os laços comunitários.

Texto de Pedro Antônio. Disponível em:
http://paginacultural.com.br/o-ensino-de-musica-nas-escolas/
Texto 02
Campanha da zero.db


Texto 03
Música: entenda porque a disciplina se tornou obrigatória na escola

Todas as escolas públicas e privadas do Brasil devem incluir o ensino de música em suas grades curriculares. A exigência surgiu com a lei nº 11.769, sancionada em 18 de agosto de 2008, que determina que a música deve ser conteúdo obrigatório em toda a Educação Básica. "O objetivo não é formar músicos, mas desenvolver a criatividade, a sensibilidade e a integração dos alunos", diz a professora Clélia Craveiro, conselheira da Câmara de Educação Básica do CNE (Conselho Nacional de Educação).

Nas escolas, a música não deve ser necessariamente uma disciplina exclusiva. Ela pode integrar o ensino de arte, por exemplo, como explica Clélia Craveiro: "Antigamente, música era uma disciplina. Hoje não. Ela é apenas uma das linguagens da disciplina chamada artes, que pode englobar ainda artes plásticas e cênicas. A ideia é trabalhar com uma equipe multidisciplinar e, nela, ter entre os profissionais o professor de música. Cada escola tem autonomia para decidir como incluir esse conteúdo de acordo com seu projeto político-pedagógico". Apesar de ser uma boa iniciativa, o trabalho com equipes multidisciplinares para o ensino de música não tem acontecido de forma satisfatória nas instituições de ensino. "De qualquer maneira, trabalhar de forma interdisciplinar ou multidisciplinar em escolas de educação básica é uma tarefa complicada", afirma Clélia.
01/03/2013 - Disponível em: http://educarparacrescer.abril.com.br/politica-publica/musica-escolas-432857.shtml
INSTRUÇÕES PARA REDAÇÃO
Tomando como base os textos de apoio e o conhecimento formado ao longo de sua vida, redija um texto dissertativo-argumentativo em até 30 linhas com o seguinte tema:

O ensino da música na escola


Não se identifique. Qualquer tipo de identificação implicará em anulação da questão. Respeite os direitos humanos.

Se preferir, você pode fazer o download em PDF da Proposta de Redação:


Mais informações de como enviar, clique aqui



Luiz Henrique

Luiz Henrique, cristão, analista de sistemas, programador e webdesigner, cursado em Webdesign, vive através da fé e louvor a Deus. Graduando em Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela UFPR


0 comentários • Comente »:

Postar um comentário

O EstudaJovem é um blog cujo objetivo é te ajudar. Ajude-nos a melhorar, expondo sua opinião. Comente!

EstudaJovem nas Redes Sociais

Siga-nos no Facebook

Colabore com o portal

Seguidores Blogger

Seguidores Google+

Oportunidades